A importância do sono

Para atletas e esportistas existem 3 pontos fundamentais no desenvolvimento, que são eles: treino, alimentação e descanso. É necessário o equilíbrio e trabalho em conjunto destes 3 pontos.

Uma noite de sono bem dormida com aproximadamente 8 horas, promove melhor desempenho ao longo dos exercícios do dia a dia, libera hormônios e é essencial para que o corpo processe a demanda gerada pelo estresse que a musculatura sofre nas atividades físicas, tanto para ganho de massa quanto para a perda de gordura.

Mas cuidado, dormir demais também pode ser um problema! Prejudica a capacidade de revigoração do corpo, confunde o relógio biológico e é comprovado que pessoas que dormem mais de 9 horas por noite de maneira constante, apresentam ganho de gordura.


Refeições líquidas

Com o crescimento do mercado da suplementação alimentar, produtos são lançados quase que diariamente. Com isso, muitas pessoas  acabam sendo iludidas por propagandas que prometem resultados rápidos ou por vendedores despreparados. No entanto, existem muitos suplementos com eficácia garantida, em vários casos, fundamentais para o bom rendimento do praticante de atividade física ou atleta.

Um exemplo são as chamadas refeições líquidas, suplementos que considero muito importante nos dias atuais. Eles garantem a praticidade necessária para quem dispõe de pouco tempo para se alimentar. Afinal, são poucas as pessoas que têm uma funcionária, mãe ou esposa, disposta a preparar todas as refeições nutritivas que precisamos comer diariamente. Sem falar que a carga horária despendida com o trabalho muitas vezes impede  grande parte da população de realizar várias refeições em casa, com calma, principalmente quem mora em grandes centros.

O sabor das refeições líquidas tem melhorado com o passar dos anos, e a variedade de produtos oferecidos pelas indústrias acaba sendo outro fator positivo. Apesar de tantas vantagens, recomendamos que não se substitua mais do que duas refeições sólidas por refeições líquidas ao dia. E para compensar a baixa quantidade de fibras da maioria desses produtos, sugerimos acrescentar farelo de aveia e/ou trigo ao “shake”. Os hipercalóricos também podem ser considerados refeições líquidas e apresentam uma grande densidade energética. Sem dúvida, essa classe de suplementos alimentares é uma das mais populares. São os famosos Massa 3, 5 ou 10 milhões. Inocentemente, há quem acredite que quanto maior o valor calórico especificado no rótulo do produto, mais poderoso ele é.

Houve um tempo em que o uso dos suplementos hipercalóricos era muito generalizado. Qualquer pessoa que desejava aumentar a massa muscular incluía  os hipercalóricos em sua dieta. O resultado normalmente era um bom aumento de massa muscular, porém, acompanhado de um considerável aumento no tecido adiposo. Ocorre que essa categoria de suplementos normalmente possui grande quantidade de carboidratos. Sem uma prescrição correta, logo o sujeito acaba desistindo da competição de fisiculturismo para disputar a coroa de “Rei Momo” no Carnaval.

O tom é de brincadeira, mas acho importante insistir nessa tecla porque ainda é comum vermos o “magricelo” entrando em uma loja de suplementos, em busca de um produto milagroso, e o vendedor apresentando o Massa 15 milhões, que geralmente tem a foto de algum atleta grande e definido no rótulo. “Tome 3 vezes por dia com leite integral e abacate!!!”, ele recomenda.  E assim o leigo sai da loja todo feliz, com  um pote enorme de hipercalórico, sem saber que jogou seu dinheiro fora!!!

As refeições líquidas hipercalóricas são de grande valia nas seguintes situações:

Gasto energético muito elevado. Pessoas que tem dificuldade de suprir suas necessidades energéticas, por meio de refeições sólidas, para manutenção ou ganho de massa magra;

Indivíduos com apetite reduzido, pois os hipercalóricos proporcionam uma alimentação com grande densidade energética;

Quando em determinado momento faz-se necessário realizar uma refeição com alto valor energético, mas não há tempo ou condições para uma alimentação sólida;

E ainda, para aqueles indivíduos que possuem um metabolismo muito acelerado, com grande dificuldade para ganhar massa muscular.

Seja qual for o seu objetivo, a suplementação deve ser adotada somente quando houver impossibilidade de se consumir alimentos in natura. E eu insisto: não compre suplementos sem antes procurar a orientação de um profissional habilitado.


Hipotireoidismo no Esporte

A tireóide é uma glândula que se localiza na porção inferior do pescoço e possui forma de borboleta. Sua função consiste na produção dos hormônios T4 (levotiroxina) e T3 (triiodotironina), a partir do estímulo do TSH (hormônio estimulador da tireóide). Apesar de ser produzido em quantidade bem menor, o T3 é muito mais potente, ocorrendo conversão para o mesmo de grande parte do T4 formado no corpo.

O bom funcionamento da tireóide é fundamental para diversos componentes da saúde, incluindo os objetivos de um esportista/atleta, sendo o hipotireoidismo uma das preocupações mais comuns dos praticantes de exercícios físicos na prática diária de consultório.

No aspecto musculoesquelético, os sintomas do hipotireoidismo podem incluir dor muscular ao movimentar-se, fadiga, cãimbras, fraqueza e diminuição dos reflexos. No aspecto fisiológico e bioquímico podem ocorrer alterações importantes na composição e disposição das fibras musculares tipo I e II, ressíntese de ATP e metabolismo do glicogênio. É válido mencionar que não existe correlação direta entre a intensidade dos sintomas e a severidade das alterações em exames laboratoriais (como CPK e hormônios tireoidianos), assim pacientes com pequenos desajustes em exames podem ser bastante prejudicados na performance, como os atletas, devido ao seu amplo grau de exigência física e metabólica.

O tratamento bem como as metas terapêuticas de TSH (hormônio estimulador da tireóide) devem ser individualizados para cada caso. A abordagem é feita tradicionalmente com a reposição do hormônio T4 (levotiroxina), e em alguns casos pontuais de má conversão do T4 em T3, este último pode ser associado e não usado isoladamente (polimorfismo na enzima deiodinase tipo II, autoimunidade – Hashimoto). Além disso, a pesquisa de alguns distúrbios de nutrientes deve ser feita, como selênio e vitamina D, e também o rastreio do uso de alguns medicamentos que podem interferir nas dosagens hormonais.

Algumas perguntas ainda permanecem dentro da Medicina Esportiva quanto a essa conversão tireoidiana do T4 em T3, especialmente em algumas modalidades como triathlon, corridas de longa distância e ultramaratonas.

É importante dizer que, assim como o hipotireoidismo é prejudicial, os tratamentos exagerados e incoerentes muitas vezes vistos podem ser tão ou mais maléficos, por induzir a um estado hipermetabólico com repercussões ósseas e cardiovasculares.


Sorgo, o mais novo super alimento funcional

Um cereal que já foi utilizado na ração animal, mostra um grande potencial para os humanos, classificado como o quinto cereal mais importante do mundo, atrás do trigo,arroz,milho e cevada.

O Maior diferencial do Sorgo é a presença de grande concentração de antocianina em sua composição possuindo altas propriedades de antioxidante. Fora isso, o produto contém ainda diversos outros elementos fitoquímicos com grande capacidade de eliminar os efeitos da oxidação, como flavonoides e ácidos fenólicos, e proteína de boa qualidade. Minerais (ferro, magnésio, fosforo e zinco).

Vale a pena experimentar!

Embora não seja muito conhecido no Brasil, o cereal já vem sendo testado pela empresa brasileira de pesquisa agropecuária (embrapa).

Um dos modos de se utilizar o alimento é como cereal matinal, e oferece a mesma composição e propriedades funcionais das farinhas integrais do cereal.


Zumba Fitness move bilhões no mundo

Cerca de 15 milhões de pessoas tanto homem quanto mulheres participam desta aula com ritmo contagiante, uma aula de dança com foco na perda de calorias tem conquistado as academias e garantindo satisfação dos praticantes.

Criada em 2001 por dois sócios colombianos , Alberto Perlman e Beto Perez, que sem muito dinheiro para investimento inicial licenciaram seus direitos e lançaram vídeos com o ritmo que se tornou uma febre e assim a procura pelas aulas aumentaram em 80%. O segredo de tanto sucesso?

“Além de divertida, Zumba é eficiente”.

Em uma hora de aula é possível perder entre 500 e 1.000 calorias, a depender do nível de dificuldade.

Lets dance!